CARNE VS SUSTENTABILIDADE

Exclusivo
Por Osvaldo Gazzola
(Publicitário)

Coerência, segundo o dicionário, é a ligação, nexo ou harmonia entre dois fatos ou duas ideias.
Começo este texto falando sobre coerência para tentar explicar o ruído que existe entre o discurso de sustentabilidade e o consumo de carne.
Não existe nexo ou harmonia entre estes dois fatos. Vou deixar da lado as questões éticas e morais relacionadas ao confinamento e exploração de animais – assunto complexo e polêmico – para tratar dos impactos ambientais decorrentes das atividades da indústria pecuária.

Podemos começar falando sobre a água, tema de inúmeras campanhas de conscientização sobre desperdício e um recurso cada vez mais escasso em vários lares brasileiros.
Você sabia que para produzir 1kg de carne são necessários, aproximadamente, 17 litros de água?
Segundo a Veggo, 60% de toda a água consumida no Brasil é usada pela indústria da carne. Ao deixar de comer carne, em apenas um dia, você economiza 792 litros de água limpa, equivalentes a cerca de 16 banhos.

A pegada ambiental da carne está presente também no desmatamento da Amazônia para a criação de áreas de pastagens, gerando impactos ambientais negativos na produção de água e o regime de chuvas, a perda de biodiversidade e o aumento na emissão de gases de efeito estufa. A ONG Mercy for Animals estima que 80% do desmatamento na Amazônia é causado pela pecuária. O aquecimento global é tema de inúmeras conferências com importantes líderes mundiais e o desmatamento de florestas é apontado como um dos vilões.

O consumo de carne nas proporções atuais é totalmente insustentável para o meio ambiente e também para a fome no mundo.

Segundo um estudo da University of Twente – Holanda, em relação a uma pessoa com dieta onívora, são economizados, anualmente, 1.456 milhões de litros de água, 01 km quadrado de floresta desmatada e 3.285 kg de CO2 emitidos na atmosfera.
São números que impressionam e que fazem a diferença para o meio ambiente quando colocados em prática.

Reduzir o consumo de carne é coerente com a preocupação com as questões ecológicas.
Comece por um dia semana. Existe a Segunda Sem Carne, organizada pela Sociedade Vegetariana Brasileira. Lá, você encontra dicas, informações e estímulo para continuar e, quem sabe, assumir, definitivamente, uma dieta vegetariana, que é saborosa, saudável, completa e sustentável.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s