Corredor Bioceânico facilitará a integração, o comércio e as exportações de Brasil, Argentina e Chile

1Um túnel, chamado Água Negra, praticamente do mesmo tamanho da Ponte Rio-Niterói, cerca de 4.000 metros acima do nível do mar, ligará a cidade argentina de San Juan a Coquimbo, no Chile.
A obra, que tem previsão de oito anos até sua conclusão, marcará uma nova era de integração social e comercial entre os dois países e o Brasil, já que o sistema envolverá a conexão com Porto Alegre (RS).
Uma obra desta magnitude precisará de energia, muita energia para seu andamento, por isto, um projeto paralelo para produção de 15 megawatts, já está sendo providenciado por Chile e Argentina. Os dois países passarão a comercializar energia, também, via cabos de alta tensão. Lá chamam este projeto de  “Interconexión Eléctrica Binacional”.
Hoje, menos de 11.000 veículos por ano  fazem a rota Argentina-Chile via Água Negra, que fica quase 5.000 metros acima do nível do mar. A estrada não suporta transporte de carga e as intensas nevascas provocam seu fechamento de maio a outubro.
Além do aumento do fluxo de turistas e de toda a movimentação que acontecerá nas regiões ligadas diretamente pelo túnel, haverá reflexos relevantes na economia dos dois países e na do Brasil, que também passará a contar com este corredor bioceânico para suas exportações para várias áreas do mercado mundial, mais especificamente para a Ásia-Pacífico.

Mais detalhes em:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s