Niterói cria programa para implementar hortas em terrenos abandonados

 

No lugar de lixo, insetos e mosquitos, os terrenos baldios da cidade poderão se tornar lindas hortas urbanas.

Por CicloVivo

O Programa de Agricultura Urbana em Niterói (RJ) apelidado de Nit-Hortas vai ocupar terrenos baldios ociosos e transformá-los em hortas para a produção de alimentos por parte dos moradores do local. Um grande instrumento e forma de ação social que irá colaborar com situações emergenciais de fome e desnutrição, proporcionando uma melhor qualidade de vida e diversos benefícios ambientais.

No início de fevereiro, a Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade realizou uma reunião com Secretaria Municipal de Projetos Estratégicos, Ciência e Tecnologia com o intuito de implementar o Programa de Agricultura Urbana em Niterói (Nit-Hortas).

O programa surge como alternativa para a ocupação benéfica de terrenos baldios ociosos em áreas urbanas, destinando-os a produção de alimentos por parte dos moradores próximos a estes locais, melhorando a qualidade de vida e do meio ambiente, sendo instrumento e forma de ação social voltada a enfrentar as situações emergenciais de fome e desnutrição.

O desenvolvimento de hortas comunitárias visa criar um espaço de horticultura em terrenos ociosos e áreas publicas, permitindo o controle de vetores, cuja manutenção participativa fomentará o espírito comunitário e apropriação qualificada do espaço público.

O programa Nit-Hortas contempla ainda um forte componente educativo, apresentando ações de formação sobre técnicas de agricultura urbana, manutenção de espaço público, trabalho comunitário, compostagem e proteção ambiental.

A minuta do decreto que institui o programa, elaborada pela equipe técnica da Subsecretaria de Sustentabilidade da SMARHS, encontra-se em análise na Procuradoria Geral do Município.

A cidade de São José dos Campos, em São Paulo, também já aprovou um projeto de lei para implementação de hortas em terrenos baldios. (veja aqui) O projeto aguarda sanção para ser convertido em lei.

Informações da Prefeitura de Niterói.

Matéria publicada no portal CicloVivo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s