Um homem levou 25 anos para criar esse incrível parque que reproduz a Terra

 

Você já teve vontade de dar a volta ao mundo? Na obra de Júlio Verne, Phileas Fogg e seu criado levaram 80 dias para o feito. Um casal brasileiro levou quase 4 anos para fazer a viagem de carro, o dobro do tempo gasto por um russo que fez tudo a pé. Mas na Dinamarca é possível completar a viagem em questão de minutos.

167533_Verdenskortet

Claro que a volta não é no planeta Terra, mas na reprodução chamada Verdenskortet, literalmente “Mapa do Mundo” em dinamarquês. Em 1943, um fazendeiro chamado Søren Poulsen estava trabalhando em suas terras quando viu uma pedra que parecia a Jutlândia. Esse momento trivial mudou sua vida.

De 1944 a 1969, Poulsen se dedicou a construir um mapa da Terra no local. Todos os anos, quando o frio do inverno fazia o lago Klejtrup Sø congelar, ele juntava terra e pedras e dispunha o material no formato dos continentes. Com a chegada da primavera, o gelo derretia e o material aterrava. Depois de vinte e cinco anos de trabalho, finalmente o mapa ficou pronto.

CROPPED_WERELD

O local é agora a principal atração turística da região de Hobro. São 4050 m² de área, onde cada 27 cm correspondem a 111 quilômetros no mundo real. Bandeiras foram hasteadas para representar cada país, e pedras simulam grandes montanhas do planeta. Por lá, é possível jogar minigolfe, num circuito que inclui cinco continentes, além de andar de pedalinho pelos oceanos.

Unicode

Unicode

Verdenskortet-mapa-mundo-real-dinamarca-aerea

Todas as fotos © Verdenskortet

Anúncios

Uma resposta para “Um homem levou 25 anos para criar esse incrível parque que reproduz a Terra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s