Em Minas Gerais foi construída a primeira fazenda de energia solar por assinatura

Na região Norte de Minas Gerais, uma fazenda está produzindo energia solar e oferecendo um plano por assinatura para que pessoas possam utilizar essa energia.

 Funciona da seguinte forma: Você contrata um lote da fazenda solar e utiliza a energia gerada por ele, essa energia é conduzida normalmente pela distribuidora, que no caso é a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), e entregue aos contratantes do serviço.

“Portanto, poderemos atender onde a Cemig opera a rede. A conta de energia vai chegar normalmente, só que vai ser abatida a cota contratada, da mesma forma como acontece com quem tem uma usina de geração de energia solar em casa atualmente”, diz o diretor da empresa, Rodolfo Molinari.

No site oficial da empresa há dois planos para contratar, o básico, com monitoramento online de geração e consumo de energia, sem fidelidade. E o plus, onde você terá que ter fidelidade com o serviço por 24 meses, e recebe desconto de 10% por mês no valor cobrado pela empresa do plano básico e receberá dicas de consumo e economia.

E como fica a questão financeira ao aderir?

A distribuidora de energia cobra de você tanto os custos para ela distribuir a energia, quanto os custos de quem gerou a energia. Após recolher os recursos com você, ela fica com a parte associada à distribuição e repassa para o gerador os custos de geração. Ao aderir à Fazenda Solar, ela não precisa mais recolher de você a parte associada à geração, uma vez que você mesmo produziu sua energia. – Sob a sua ótica: mensalmente, a distribuidora irá descontar do seu consumo, toda a energia elétrica que você mesmo produziu pelo seu lote. Caso seu lote produza menos do que você necessita no mês, a distribuidora irá te entregar a diferença e, consequentemente, cobrar por isto. Caso seu lote produza mais, você fica com um crédito para usar nos meses subsequentes.

O empreendimento

A fazenda solar ocupa uma área de 2,5 hectares e tem capacidade para produzir 2.100 megawatts/hora (MWh) de energia por ano e atenderá de cem a 150 clientes, por enquanto. O investimento total no empreendimento, foi de R$ 5,5 milhões.

Agora a empresa tem como objetivo viabilizar uma segunda usina na mesma fazenda, que já estará em funcionamento ainda neste ano. Mas não para por aí, eles querem pra daqui três anos, viabilizar cem usinas de 5 MW, com investimentos de R$ 2,5 bilhões a R$ 3 bilhões. “Como serão usinas maiores, poderemos atender de 500 a 750 usuários”, diz Rodolfo.

A ideia é que a maioria das cem usinas seja no estado de Minas. “É um Estado bem propício para isso, com boa luminosidade, em especial nas regiões Noroeste e Norte”, observa o diretor da empresa.

Assista abaixo o vídeo promocional da empresa:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s