Arquivo da categoria: Partido Verde

Equipe

1NA POSSE DE EURICO TOLEDO NA SECRETARIA DO AMBIENTE DE NITERÓI (RJ), COM ELE E RICARDO HARDUIM, SECRETÁRIO DO AMBIENTE EM SÃO GONÇALO, QUE FICA AO LADO DE NITERÓI.
OS DOIS TRABALHARAM. COMO SUBSECRETÁRIOS, DURANTE ANOS, COMIGO.
MUITO LEGAL VER A EQUIPE SÓ SE FORTALECENDO!

COVARDIA NOTA DE DESAGRAVO – Bancada do PV.

Ontem este Plenário foi palco de uma situação aviltante para esta Casa. O Relator do projeto que altera o Código Florestal, o Deputado Aldo Rebelo, fez uma acusação caluniosa e injusta a uma das pessoas de maior respeitabilidade nesse País – a ex-senadora e ex-ministra Marina Silva.

Na verdade, o Deputado foi duplamente injusto. Primeiro, acusou Marina Silva de usar seu twitter para dizer que o Deputado Aldo Rebelo havia fraudado o seu relatório. É uma inverdade. O Deputado foi mal informado. Marina disse que ele havia apresentado seu relatório e que nele havia “pegadinhas”. Em momento algum referiu-se a fraude. E ela tinha toda a razão. Havia pegadinhas, sim. Não apenas uma, mas várias, como troca de palavras para induzir esse Plenário a erro e desaparecimento de artigos inteiros.

Porém, o mais grave veio a seguir. O Deputado Aldo Rebelo, em uma demonstração de desequilíbrio e falta de preparo para o exercício de função tão importante, acusou o marido de Marina Silva de “fraudar o contrabando de madeira”. Mais uma inverdade. E pior, nesse caso ele não foi mal informado por assessores ou qualquer outra pessoa. Ele sabe que não é verdade.

Quando Marina Silva era Ministra do Meio Ambiente e combatia corajosamente o desmatamento ilegal da Amazônia e os crimes ambientais em todo país, foi alvo de calúnias, denúncias vazias e dossiês apócrifos, por parte daqueles que eram punidos pela ação do estado. O objetivo dessas ações era deter Marina Silva e parar o trabalho de investigação e combate a tais crimes. Na maioria dessas investidas, buscava-se envolver o nome do marido da ex-senadora. Um exemplo disso foi a tentativa de distorcer uma ação exemplar de destinação de centenas de toras de mogno apreendida, que Marina Silva comandou, quando Ministra do Meio Ambiente, logo no início de sua gestão.

O Ministério do Meio Ambiente havia feito um convênio com uma entidade da sociedade civil, a FASE, para dar destinação ao mogno apreendido na gestão anterior. Convênio aprovado pelo Ministério Público e chancelado por um Juiz Federal, pois a apreensão estava ajuizada. Com os recursos obtidos com a comercialização da madeira foi criado um Fundo que apoia projetos socioambientais na Amazônia. A comprovação da correta destinação dos recursos está disponível na internet para o escrutínio de todos e conta ainda com o permanente acompanhamento do Ministério Público Federal.

E o que o marido da Marina, Fabio Vaz de Lima, tinha com esse caso? Nada, absolutamente nada. Acusaram-no de participar indiretamente desse convênio como Secretário Executivo do GTA – Grupo de Trabalho Amazônico, uma rede de mais de 600 entidades da Amazônia à qual a FASE é ligada. Mas o marido da ex-Ministra, já havia deixado a instituição há quatro anos.

Denúncia vazia, covarde, feita por criminosos que queriam vingança contra quem comandava a ação do Estado para impor a Lei. Jornalistas investigativos de renome na mídia nacional foram apurar esses fatos à época e ficou evidente que a acusação era infundada. E o Deputado Aldo Rebelo sabia, pois, quando esses mesmos criminosos tentaram levar essa calúnia à CPI da Biopirataria, todos os fatos foram a ele relatados, como Líder do Governo à época, para evitar que esta Casa fosse usada para a ação de vingança de criminosos.

Portanto, Sr. Presidente, a bancada do PV quer deixar registrado esse Ato de Desagravo à ex-Senadora e ex-Ministra Marina Silva, atacada covardemente contra o que ela tem de mais caro – a sua honra. Entendemos que o ataque desferido por Aldo Rebelo contra a honra de Marina Silva e seu esposo atinge também a todo homem e mulher de bem de nosso país, todos que prezam e defendem a ética e a justiça nas relações humanas e, sobretudo, no espaço da política e da atuação do Estado. Portanto, nossa iniciativa não se destina a desagravar apenas essas duas pessoas, mas valores e princípios que devem ser a base de toda nossa organização social.

Bancada do PV na Câmara dos Deputados

e

Partido Verde

DISCURSO CURTO, FIRME, OBJETIVO e EFICAZ

Deputado Federal Dr. Aluízio (PV-RJ) fala sobre as mudanças no Código Florestal

“Senhor Presidente,

Todas as atenções desta Casa estão voltadas à votação do Código Florestal, mas infelizmente poucos estão atentos às conseqüências deste voto.

Estamos neste debate, acreditando que podemos dominar a Terra. Que ela vai ser subjugada pela força das nossas leis e das nossas atitudes pouco cuidadosas. A vingança da natureza contra os maus tratos sofridos atinge à todos nós, é o que nos mostram as chuvas que vitimaram várias pessoas.

Já foram publicadas imagens de satélite mostrando o leito de um rio de 5 metros transformando-se em mais de 30 metros de casas destruídas, vidas arruinadas, dor e lamentação de todos os brasileiros. Toda esta tragédia poderia ser evitada.

Hoje corremos o risco de repetir essa tristeza de forma legal e sistemática se aprovarmos a redução das matas ciliares para apenas 7,5 metros como sugere o relator.

As várias versões do código tornaram impossível o entendimento da proposta que está em jogo nesta batalha sem vencedores.

Precisamos de cautela e tempo para entender como seria o Brasil com esta nova lei ambiental. Hoje, com os estudos, e imagens de satélites, compreendemos porque o código de 1965 previa a margem de 30 metros para rios com 5 metros de largura. As catástrofes recentes no Rio e em Santa Catarina deixam clara esta lógica

Nós não debatemos este assunto de maneira pacífica. Sucumbimos a uma guerra de informações equivocadas, interesses políticos, e não atingimos o equilíbrio necessário para um tema tão relevante.

É natural que antes de se plantar, se consulte especialistas em grãos, solos, cultivos. Entretanto as palavras dos nossos especialistas não estão sendo ouvidas. A água é a principal responsável pela vida neste planeta. Porém a mata ciliar que protege os rios e as propriedades está sendo legalmente eliminada.

Acreditamos na vocação brasileira para produzir alimentos para o mundo, por isso precisamos elaborar um verdadeiro plano de futuro para as nossas florestas. Afinal, são elas que garantem as chuvas para o alimento que produzimos.

É simples de perceber a causa e o efeito das nossas ações se pensarmos um pouco mais. Reforço a necessidade de que tenhamos mais tempo para votar. Precisamos nos unir aos cientistas para recuperar o respeito pela terra. Isso não é “ambientalismo”. É apenas instinto de preservação da nossa espécie. Precisamos de mais tempo, senhor Presidente, apenas isso, para votar com lucidez aquilo que hoje representa o futuro da humanidade. Talvez nossos filhos não tenham esse tempo, é em nome deles que faço este apelo.

Dr. Aluízio

Deputado Federal – PV-RJ

Detalhes importantes do Datafolha

Caros verdes,
Apesar de não haver alteração geral no quadro da eleição presidencial, a Folha traz análise interessante da última pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta feira. O escândalo da Receita começa a fazer estragos pontuais importantes, a saber:

1. Dilma perdeu 5 pontos em 5 dias entre eleitores que têm nível superior de escolaridade.
2. Dilma caiu 8 pontos entre os eleitores de maior renda.
3. Marina ganhou 4 pontos entre os de escolaridade superior, chegando a 23% neste segmento.
4. Marina subiu 6 pontos entre os que têm renda superior a 10 salários mínimos.
5. Nos últimos 15 dias, Marina cresceu 8 pontos entre os que ganham de 5 a 10 salários mínimos.
6. Marina subiu 8 pontos no Distrito Federal e ultrapassou Serra!!!

Mauro Paulino, do Datafolha, termina a análise com a seguinte reflexão:

“As mudanças não influenciam o total da amostra, já que estes conjuntos têm baixo peso quantitativo no eleitorado.
As próximas pesquisas devem responder se as variações ficarão limitadas a esses segmentos ou se produzirão ondas para outros”.

Por isto, amigos Verdes, vamos à luta pedir voto pra nossa Marina.
Abraço.

Flávio Andrade
Vereador do Partido Verde (Ouro Preto)
flavioouropreto@yahoo.com.br

MOVIMENTO MARINA SILVA


Guia de Mobilização

Faça o download da versão preliminar do Guia de Mobilização do Movimento Marina Silva. Em breve ele estará no site do Movimento. Use-o para planejar e promover ações de campanha em sua cidade.

Ouça, aprenda a letra e faça o download da música que é a trilha sonora da nossa mobilização por Marina. Confira aqui.

Não se esqueça. Ao participar das ações, registre e compartilhe fotos, vídeos e relatos.

Compartilhar produz bem comum. Quando você dissemina a informação, você ajuda a disseminar a própria ação, produz inspiração e estimula as pessoas a agir

Casa de Marina
As Casas de Marina estão se alastrando pelo país inteiro. Acompanhe as notícias. Leia mais. É simples fazer da sua uma Casa de Marina.

Visite MOVIMENTO MARINA SILVA em: http://www.movimentomarinasilva.org.br/?xg_source=msg_mes_network

Indicação do Blog

“Flor do Deserto” – o filme
“Na real, todas nós somos castradas de alguma maneira. Pela vida, por algum homem, pela sociedade… acho que você me entende.” Renata Cowalski

Ontem, vi a estréia de “Flor do Deserto”. Mulheres maravilhosas, não percam esta oportunidade! Um filme bem feito que, incompreensivelmente, não recebeu premiações. Ou maior divulgação na mídia.
O roteiro envolve várias vidas femininas; mulheres guerreiras e decididas que integraram o cotidiano da protagonista Waris Dirie, ex-modelo somali que teve coragem de trazer ao público sua biografia. Com isso, deu início à luta contra a tradicional circuncisão feminina que, ainda hoje, é praticada. Diariamente, 6.000 mil crianças, no mundo, ainda são vítimas desta mutilação que causa danos físicos e psicológicos irreversíveis.
Em um dos momentos mais marcantes do filme, Waris confessa que, ao ver tanto sofrimento entre as mulheres de seu povo, não gostaria de ter nascido mulher.

Que mulher ainda não teve este pensamento? Porque o tratamento que nos é dispensado, nos quatro cantos do mundo, é o mesmo. Lutamos a cada dia por um lugar na Terra. Sofremos mutilações, cortes, cerceamentos, violência física ou psíquica. Dentro do lar; fora deste…
Os gritos da Waris-bebê, ao ser circuncidada da maneira primitiva e brutal, ainda ecoam nos meus ouvidos. Mas, é marcante também a dor silenciosa da mãe de Waris, que a segura com força para a ‘cirurgia’, ao ar livre, em cima das pedras, debaixo do sol… agiu assim após ter levado a criança, carinhosamente, para o sacrifício. E a gente entende que, na cabeça daquela mãe, não havia alternativa: abrir mão desta tortura seria condenar sua filha a ser impura, indigna de um casamento; enfim, jogá-la à prostituição. Tradição que não se contestava.
Veja o filme; ria e chore com os personagens; reflita sobre o tema; e conclua que ser a nossa força é tão grande que pode mudar o rumo das nossas vidas…
Ana Echevenguá, cinéfila, e-mail: ana@ecoeacao.com.br, website: http://www.ecoeacao.com.br.

O “Movimento Mulheres pela P@Z!” é uma formação grupal, de caráter transdisciplinar, não sectário, que tem como objetivo promover a paz entre grupos étnicos, povos e nações, através do debate, da informação e de ações que propiciem a aproximação e a criação e fortalecimento de relações inter-raciais e inter-culturais, orientando a não-intervenção, a não-ingerência e a não-dominação de uns sobre outros, e fomentando a tolerância, a concórdia e a colaboração e auxílio mútuos, de modo que a identidade e liberdade sejam indissociáveis e utilizadas como instrumentos para a construção de um mundo que compreenda a existência de desígnios superiores e transcendentais para a Humanidade.”

Assista no Youtube o Manifesto “Dança, Identidade e Guerra”
http://br.youtube.com/watch?v=E2ZutMOzRPA

Convenção do PV-MG

Foto: Marina Rios de Araújo

Na Convenção do PV-MG, Guida entrega documento à futura presidenta Marina Silva, ladeada pelo futuro governador de Minas Zé Fernando e Guilherme Leal, vice da Marina.